Uma escola feita para e pelos alunos

METODOLOGIA

O Dojô não é um curso, é uma escola.

É a nova metodologia da Perestroika para criação de experiências e ambientes de aprendizado, feita por e para o aluno. Um espaço para aprender a aprender, de forma horizontal e colaborativa: sem fileiras, sem receitas e sem padrões.

 
 

projetoS

Você é quem faz a escola.

Você terá uma opção: aprender a gerir até três projetos individuais, durante os dois meses.

A metodologia de desenvolvimento não será linear e você não encontrará aqui uma receita pronta.

O processo será inspirado nas três fases do modelo caórdico, da comunidade do Art of Hosting:
· Investigação: convergência e assimilação.
· Reclamação: emergência e compreensão.
· Experimentação: divergência e acomodação.

 

 

rodaS

Círculos de segurança.

As Rodas são encontros semanais, feitos em círculo, dedicados a exercícios de autoconhecimento e formação em comunidade.

· Autoconhecimento e alinhamento de propósito.
· Programações criadas e adaptadas às demandas da turma.
· Ferramentas e exercícios colaborativos de resolução de problemas.

 
Treinos.png

TREINOS

Sujando a faixa.

Os Treinos são encontros para ganho de experiência e autogestão.

· Exercícios de processo criativo.
· Momento para planejar próximos-passos.
· Ferramentas colaborativas de desenvolvimento de projetos.

 
Aulas.png

AULAS

As quatro lentes da escola.

· Saber — Thiago Raydan
Ignorância e o aprender a aprender.

· Enxergar — José Bueno
Aikidô e o olhar para o problema.

· Sentir — Oswaldo Oliveira
Abundância e a traição da tradição.

· Fazer — Masterclass
Criatividade e o empreendedorismo pós-digital.